Menu

19 de julho de 2015

Eu acho que, talvez, tenha sido... Amor?

pôr do sol , horizonte,

     Eu acho que eu te amei. De um jeito estranho, meio torto, mas amei. Quando gravei no celular aquele vídeo bobo seu e fiquei assistindo-o de novo e de novo. Ou quando eu desejei loucamente ser afinada, só para poder te cantar as mais lindas canções de amor. Nos momentos em que, ao invés de dormir, fiquei deitada na cama, imaginando a gente de diversas formas. A cada mensagem que escrevia e apagava, sem enviar nada, tentando encontrar as palavras certas... Não querendo parecer muito boba e apaixonada, mas com medo de você achar que eu não estava interessada.

     E num outro dia que nos desentendemos.... Durante um tempo cheguei a pensar que a gente ia acabar com o que tínhamos (não que eu saiba o que é) e então em determinado momento eu me percebi chorando. Primeiro algumas lágrimas, logo depois uma chuva torrencial. Correndo o risco de ser dramática e muito emocional, preciso dizer que chorei de soluçar.. Olha que eu não sou essa pessoa que simplesmente chora. Mas eu não sei, eu só estava tão triste que chorei. E tenho pra mim, não sei porque, que quando alguém faz a gente chorar é porque é amor.

     Eu quis ser diferente para você, por você. Eu quis ser melhor, mais desinibida, divertida... Eu me peguei querendo, mais de uma vez, ser mais bonita. Desejei saber ser sexy e sensual. Almejei ser seu tipo, te encantar por ter algo de especial... Eu quis que você reparasse nas minhas manias bobas, gostasse delas e achasse meu jeito o mais lindo do mundo. Eu quis ser outra pessoa por você, uma versão de mim mais melhorada... E acredito que isso talvez seja um jeito - mesmo que errado - de amar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...